BANNER-BG (1).png

GeoBIM em obras de saneamento básico

Já ouviu falar em GeoBIM em obras de saneamento básico? Sem dúvidas já deve ter escutado sobre BIM e GIS, mas a junção dos dois recursos traz um novo universo de possibilidades e oportunidades para os empreendimentos.


O grande elo entre as duas ferramentas é, exatamente, a informação. De modo que se reduz significativamente a necessidade de exportação e importação de arquivos entre as equipes, permitindo que elas trabalhem com maior confiança e agilidade.

Quer entender mais sobre o GeoBIM em obras de saneamento básico? Continue lendo e saiba mais!

O que é BIM


O BIM, Building Information Modeling ou Modelagem de Informação da Construção, representa um conjunto de padrões, processos e tecnologias. Para permitir todo o potencial do BIM, temos como destaque a interoperabilidade do conjunto de bancos de dados das disciplinas de projeto.


Assim, é possível gerenciar todo o ciclo de vida do empreendimento, desde sua concepção até manutenção através de um ambiente comum de dados. Dessa maneira, todos os envolvidos no projeto conseguem:


  • Gerir suas informações e dados;

  • Realizar análises e simulações com enormes quantidades de dados que são atualizadas em tempo real;

  • Trabalhar em um mesmo ambiente compartilhado, agilizando o processo de revisão e alteração do projeto;

  • Gerar diferentes visualizações dos dados para os diferentes usos das partes interessadas do projeto;

  • Criar gêmeos digitais (representações virtuais de empreendimentos físicos) que refletem o progresso da construção real;

  • Gerir todo o fluxo de informações desde a concepção até o descomissionamento.

O que é GeoBIM em obras de saneamento básico?


O GeoBIM surge como um passo natural na transformação digital da Construção Civil. Na prática, é a junção dos recursos do GIS (sistema de informação geográfica) com o BIM.

Nesse sentido, ganhamos o poder de georreferenciar os elementos construtivos durante o ciclo de vida da obra, desde a fase do projeto até a execução e manutenção.


O GeoBIM em obras de saneamento básico é ainda mais relevante, uma vez que os elementos estão, em grande parte, enterrados. Assim, conseguimos ter os ativos com suas coordenadas geográficas em um único ambiente. Aliás, é até possível combinar as camadas de informações, para uma gestão utilizando um único mapa.


Ao passo que as informações são integradas entre as ferramentas e suas camadas se convergem para gerar um ambiente de dados comum, temos a eliminação das perdas de dados. Com isso, todas as partes envolvidas podem trabalhar com confiança e agilidade.


Ademais, Wilton Catelani, presidente do BIM Fórum Brasil destacou durante o painel A implementação do BIM para Infraestrutura no Paving Hybrid, que a falta de informação é um dos grandes desafios para a manutenção. Catelani exemplifica trazendo as Obras de Arte Especial (OEMs), que necessitam de reparos e não se encontram os respectivos projetos.


“GeoBIM será o caminho natural para a área de saneamento”


“O BIM será o caminho natural para a realização de projetos de engenharia na área de saneamento, uma vez que as obras são enterradas e há a dificuldade de encontrar os projetos antigos, com mais de trinta anos. Assim, será preciso refazer os projetos, a fim de conseguir expandir as estruturas existentes”, disse Washington Luke, diretor de Empreendimentos da Valec, durante o mesmo painel em que participou Catelani.


Além disso, o uso do BIM está ficando cada vez mais popular e necessário, especialmente após o Decreto n° 10.306/2020 que traz a obrigatoriedade do BIM para todas as execuções diretas ou indiretas de obras e serviços de engenharia realizados pelos órgãos públicos.


O ganho de popularidade do GeoBIM em obras de saneamento vem graças ao poder que os processos BIM combinados com dados geoespaciais oferecem. Afinal, o BIM para saneamento permite:

  • Desenvolver vistas 2D de projeto;

  • Gerar modelos 3D integrados aos gráficos 2D;

  • Planejar custos, cronograma e sequência de atividades;

  • Realizar análises de sustentabilidade;

  • Gerenciar documentações do projeto;

  • Facilitar a gestão de manutenção dos ativos;

  • Permitir a efetiva colaboração multidisciplinar até mesmo em trabalho remoto;

  • E muito mais!

Com o GeoBIM, temos todo esse poder aumentado com a convergência das informações geográficas. Assim, podemos desenvolver modelos 3D, por exemplo, com base na coordenada de cada elemento e com alta precisão.


Um grande destaque de tudo isso é poder realizar tudo isso que comentamos com zero perdas de informações. Afinal, com as informações sendo integradas dentro de um ambiente de dados comum, não há a necessidade de múltiplos projetos e mapas independentes.


Os benefícios do GeoBIM em obras de saneamento básico


No mundo da engenharia e arquitetura já é comum e cada vez mais indispensável o uso do ambiente comum de dados (CDE, na sigla em inglês).


Com o GeoBIM em saneamento básico, o CDE pode ser usado pela equipe GIS para ter acesso direto à base de arquivos da engenharia!


Outros benefícios do GeoBIM para saneamento básico que valem a menção são:

  • Quebra dos silos de informações;

  • Maior transparência e comunicação entre as diferentes disciplinas de projeto;

  • Maior confiabilidade no processo de trabalho;

  • Eliminação dos riscos de se trabalhar com arquivos e bases desatualizados;

  • Melhoria da produtividade com redução de custos e tempo.

Então, como bem destacou Luke, o GeoBIM em saneamento básico é o caminho natural da transformação digital do setor. Seus benefícios e potencial são enormes e, sem dúvidas, precisamos de mais organizações e profissionais especializados no mercado brasileiro.


Conheça a BuildLab


Quer dominar o BIM e levar sua carreira para o próximo nível nessa era de transformação digital? Então, conheça nosso curso de Implantação BIM!


Conheça a Buildlab Academy, sua plataforma de ensino adaptativo para Arquitetos e Engenheiros, que conta com os mais de 26 anos de experiência da FF Solutions por trás da plataforma.


  • Certificado com selo oficial Autodesk

  • Acesso de um ano às aulas do treinamento

  • Acesso a comunidade BuildLab

  • Arquivos de apoio

  • Suporte técnico com nossos especialistas


A FF Solutions é uma parceira Platinum Autodesk. Você aprenderá com profissionais com experiência prática e ainda receberá certificado oficial Autodesk ao concluir o curso!


Decidiu investir na carreira? Clique aqui para saber mais e conhecer nossos cursos com certificado com selo oficial Autodesk.