top of page
BANNER-BG (1).png

ArcGIS GeoBIM: Explorando a integração BIM e GIS

Atualizado: 27 de set. de 2023

As tecnologias de inteligência geográfica e geoprocessamento são conhecidas como Sistemas de Informações Geográficas (SIG, ou em inglês GIS). Nos projetos de arquitetura e engenharia, cada vez mais vemos a adoção da Modelagem da Informação da Construção (BIM). A integração entre as duas tecnologias é conhecida por GeoBIM na FF Solutions e esse é o assunto do artigo de hoje.


Por conta da parceria entre a ESRI e a Autodesk, empresas líderes do mercado, existem diversas formas de integrar dados da nuvem da ESRI nos softwares de projeto como o Autodesk InfraWorks e o Civil 3D.


Neste artigo, vamos investigar as possibilidades que temos com o ArcGIS GeoBIM, solução da ESRI para a integração das tecnologias BIM e GIS!



O conceito GeoBIM


A integração das tecnologias BIM e GIS é conhecida como GeoBIM. A solução da ESRI também chamada de GeoBIM pode trazer uma confusão.


GeoBIM, antes de tudo, é um conceito, uma prática, uma metodologia para integrar os dados geoespaciais do GIS com os de projetos do setor de Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação (AECO).


Em um artigo anterior, falamos sobre a importância do GeoBIM em Projetos de Infraestrutura. Um dos aspectos interessantes de mencionar é que o “I” de informação está presente tanto no BIM quanto no GIS, o que torna bem claro qual é o foco de tudo que fazemos.



Sabemos que adotar o GeoBIM traz vantagens aos projetos e à gestão de ativos incluindo o georreferenciamento dos modelos BIM, tomadas de decisão mais inteligentes, dentre outros. Mas como nem tudo são flores... existem dificuldades e obstáculos, como por exemplo (Moretti et al., 2021):


· Distintos métodos de georrefenciar objetos no GIS e no BIM;

· Formas diferentes de lidar com o gerenciamento de dados, por um lado no GIS temos os bancos de dados geográficos e por outro lado no BIM os modelos federados;

· Áreas de foco com escalas distintas, em GIS costuma-se trabalhar com grandes áreas;

· Formatos de arquivos nativos que trazem obstáculos para a interoperabilidade, um ponto que vêm sendo desenvolvido com as parcerias entre fabricantes.


Sobre o ArcGIS GeoBIM


O ArcGIS GeoBIM é uma solução da ESRI que possibilita uma experiência web intuitiva para combinar o uso do BIM e do GIS. Dessa forma, equipes de projeto podem explorar os benefícios do GeoBIM sem a instalação de software embarcado.

Segundo o site da ESRI, o ArcGIS GeoBIM possibilita:

· Posicionar projetos no ambiente geográfico;

· Manter uma estrutura de organização de dados;

· Reduzir conversões de formatos entre modelos a partir da integração;

· Simplificar a comunicação entre equipes.



Além de podermos visualizar o projeto ou o ativo em sua posição real geográfica, o ArcGIS GeoBIM permite que o usuário na mesma interface possa consultar dados GIS e dados de modelos BIM armazenados na nuvem da Autodesk.


Exemplo de Projeto no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral
Exemplo de Projeto no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral

É importante mencionar que para usar o ArcGIS GeoBIM, você precisa adquirir as licenças do ArcGIS Online e do ArcGIS GeoBIM. Além de conectar a sua conta Autodesk vinculada com a licença da Autodesk Construction Cloud (ACC), o Ambiente Comum de Dados (CDE) da Autodesk.


O intuito do ArcGIS GeoBIM é possibilitar a visualização e a coordenação de modelos georrefenciados. Sendo assim, simulações, modelagens, interpolações e outras operações típicas do GIS são realizadas em aplicativos desktop e posteriormente publicados na nuvem.


No caso do BIM, os softwares de modelagem autoral, como o Autodesk Civil 3D e Revit, possibilitam a criação dos modelos e a publicação no ACC. A partir disso, podemos integrar esses modelos em uma aplicação do ArcGIS GeoBIM. Em resumo, o ArcGIS GeoBIM não é uma solução para modelagem em si, isso fica para os softwares desktop!


No site da ESRI foram disponibilizados diversos tutoriais para familiarizar os usuários com o ArcGIS GeoBIM.

Como criar um Projeto no ArcGIS GeoBIM


Vamos agora para um passo a passo para criar e configurar um novo Projeto no ArcGIS GeoBIM:


1. No menu do ArcGIS Online, clique em ArcGIS GeoBIM. Lembre-se que para funcionar você precisar ter a licença do ArcGIS GeoBIM ativada para o seu usuário!

2. Clique em criar um novo Projeto.

3. Adicione um nome, uma descrição e uma imagem para o seu novo Projeto. Essas informações podem ser modificadas depois. Vamos criar o Projeto Build Lab.



Criação de Projeto no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral
Criação de Projeto no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral

4. Na aba Accounts ou Contas, vincule a sua conta Autodesk com o Projeto do ArcGIS GeoBIM e selecione a Pasta na Autodesk Construction Cloud (ACC) com os arquivos necessários. Lembre-se que para funcionar a conta Autodesk deve ter uma licença atribuída do ACC!

5. Na aba Tools ou Ferramentas, existe um recurso chamado “Localizar Documentos de Engenharia” que possibilita escanear a pasta da ACC e identificar os modelos BIM no mapa. Aqui entra a importância de trabalhar com os modelos georrefenciados e nos sistemas de coordenadas corretos! No nosso exemplo, na figura a seguir no canto inferior esquerdo, a solução indica que a sincronização com pasta do Projeto Build Lab foi um sucesso!



Localização de Modelos BIM na Pasta da ACC. Fonte: Autoral
Localização de Modelos BIM na Pasta da ACC. Fonte: Autoral

Por enquanto, o ArcGIS GeoBIM aceita os formatos DWG, RVT e IFC. Além do recurso de localizar os modelos, existem ferramentas para localizar no mapa pontos de atenção do projeto (issues) e delimitar uma borda para os modelos processados.

Para o artigo, foi utilizado um modelo do Revit de exemplo, que está disponível no site da Autodesk.


6. Na aba Links podemos adicionar feições, documentos, fotos, e regras para os modelos adicionados. Podemos também selecionar mapas pré-configurados do ArcGIS Online com as opções de conteúdo próprio do usuário, dos grupos, da organização, da biblioteca do ArcGIS Online e do Living Atlas.



Adicionar Dados do ArcGIS Online e do Living Atlas. Fonte: Autoral
Adicionar Dados do ArcGIS Online e do Living Atlas. Fonte: Autoral

7. Por fim, na aba Apps, o ArcGIS GeoBIM permite a criação de um aplicativo web e/ou dashboard para visualização dos dados. Para o Projeto BuildLab, escolhi como exemplo o aplicativo web. O tema, as ferramentas de navegação e layouts podem ser configurados de acordo com o usuário.

Personalização do Aplicativo Web no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral
Personalização do Aplicativo Web no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral

8. Como uma última etapa, o aplicativo pode ser compartilhado por um link com a opção de acesso apenas para o usuário principal, para a organização ou de forma pública. O aplicativo web produzido no Projeto Teste foi o seguinte:

Personalização do Aplicativo Web no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral
Personalização do Aplicativo Web no ArcGIS GeoBIM. Fonte: Autoral

Como exemplo, foi utilizado um mapa de informações imobiliárias da região de Atlanta, nos Estados Unidos, disponibilizado pela usuária dianaclavery_uo no Living Atlas da ESRI.


O interessante do ArcGIS GeoBIM é que podemos visualizar e interagir com os dados geoespaciais e, também, com os modelos BIM da Autodesk Construction Cloud, consultando geometrias, distâncias, áreas, propriedades dos modelos... e tantas outras informações! E como estamos trabalhando com formatos nativos não há perda de informações.


Cabe destacar que o GeoBIM não apresenta uma integração direta entre os modelos, ou seja, são dois ambientes distintos visualizados ao mesmo tempo. Porém, sabemos que o ArcGIS Pro já importa modelos do Revit RVT com todas as geometrias e propriedades dos objetos, além dos arquivos DWG e IFC, assunto tratado nesse artigo do Lucas Tafarello no Blog da FF Solutions.


No site da ESRI existe um tutorial completo (em inglês).


Conclusão


Vimos nesse artigo sobre o ArcGIS GeoBIM, uma solução da ESRI que possibilita a combinação das tecnologias BIM e GIS. A ferramenta pode ser aplicada para a coordenação de modelos com a integração dos dados geoespaciais às informações de construção.


A parceria entre Autodesk e ESRI torna a integração entre tecnologias cada vez mais eficiente, minimizando as perdas de dados, facilitando a comunicação entre equipes multidisciplinares.


Para o desenvolvimento desse artigo, deixo um agradecimento para a equipe GIS da Smart Sky Tech Hub pela disponibilização da licença do ArcGIS GeoBIM para os testes realizados.


Você já conhecia o ArcGIS GeoBIM? Quer saber mais sobre Geoprocessamento? Conheça nosso curso!


Sobre o autor:


Matheus Lima é Engenheiro Civil pela Universidade de Brasília (UnB). Experiência em Projetos de Infraestrutura com uso do Building Information Modeling (BIM) e Geographic Information Systems (GIS). Atualmente aluno do Master BIM para Infraestruturas, Engenharia Civil e GIS da Zigurat Global Institute. Fundador da página no Instagram @bim_infra. Professor de cursos livres de Projetos de Estradas com os softwares Autodesk Civil 3D e Infraworks.


Referências


Moretti, N., Ellul, C., Re Cecconi, F., Papapesios, N. & Dejaco, M.C. (2021). GeoBIM for built environment condition assessment supporting asset management decision making. Autom. Constr. ISSN 09265805, 130(July): 14. DOI: 10.1016/j.autcon.2021.103859.


bottom of page